anúncio

Textos - exercício rápido de digitação Lições - curso rápido de digitação

feche e comece a digitar

Texto - "O Cerco de Corintho" Lord Byron


É meia-noite: a fria lua ostenta O disco inteiro, e amplo fulgor diffunde A contrastar co'a sombra das montanhas; Traja d'azul o mar, d'azul se veste O firmamento, este suspenso oceano, Todo cravado d'ilhas que refulgem Lá tão remotas, com ardor tão vivo: E quem, quem póde attento contemplá-las, E repascer depois os olhos tristes No valle dos mortaes, sem que apeteça Voar e unir-se para sempre a ellas? Dormem as ondas, n'uma praia e n'outra, Placidas e ceruleas como os ares; Só de leve as areas roça a espuma, Com murmurinho igual ao d'um regato. Os ventos se recostão sobre as ondas; E das hastes ao longo quietas pendem, Em pregas conchegando-se, as bandeiras, Que remata arci-fúlgido Crescente. Nada interrompe esta mudez profunda, Senão além a voz da sentinella Reproduzindo a senha, ou lá mais longe Relincho de corseis agudo e crebro, Ou écos que respondem dos outeiros, Ou da hoste bravia o rumor vasto, Que semelhante ao de agitadas folhas Alongando-se vai de praia a praia, Ou preces usuaes que á meia-noite Levanta o Muezzin, rasgando os ares Co'a lamentosa garganteada lôa, Qual 'spirito que vaga na planicie: Melódicos accentos, mas prantivos, Quaes os produz o vento, que, passando, Encontra as cordas de sonoras harpas, E extrahe descompassadas harmonias, Que não conhece o menestrel mundano. Este som se affigura aos sitiados Grito agoureiro da infallivel queda; Elle fere no ouvido aos sitiadores Como indicio aziago e pavoroso, Repentina toada indefinivel, Que os corações lhes paralisa agora, E logo os faz pulsar mui apressados, Co'a vergonha de haver surdido n'elles Tão desusada sensação furtiva: Dest'arte o sino apregoador da morte Nos sobresalta de repente ouvido, Inda que seja em funeral d'estranhos.

a melhor maneira de aprender a digitação é usar AgileFingers!
começe a digitar!